25 agosto, 2009

BANDOLINS - OSWALDO MONTENEGRO


O encontro das notas com as palavras certas fazem brotar sensações maravilhosas. É o que acontece neste belo canto de Oswaldo Montenegro, o aclamado "Bandolins". Deixo a letra para saborarem ao som da canção ensaiando passos impróprios!i



BANDOLINS - OSWALDO MONTENEGRO

Como fosse um par que nessa valsa triste
Se desenvolvesse ao som dos bandolins
E como não e por que não dizer
Que o mundo respirava mais se ela apertava assim
Seu colo e como se não fosse um tempo
em que já fosse impróprio se dançar assim
Ela teimou e enfrentou o mundo
Se rodopiando ao som dos bandolins

Como fosse um lar, seu corpo a valsa triste iluminava
e a noite caminhava assim
E como um par o vento e a madrugada iluminavam
A fada do meu botequim
Valsando como valsa uma criança
Que entra na roda, a noite tá no fim
Ela valsando só na madrugada
Se julgando amada ao som dos bandolins

Um comentário:

Camila Peliçon disse...

Música linda...
Expressando força, coragem e graça, alguêm apaixonado pela sincronia da moça, da música e da paixão...
Amo essa mùsica!!!