08 setembro, 2009

Ode à Liberdade

Salvo a microfonia, o resultado ao vivo da canção que nos trouxe de volta aos palcos foi boa. Obrigado aos amigos que compareceram e/ou torceram. Iremos participar do Festival de Jacarézinho com a mesma canção. Já que o vento sopra perto, sigamos o rumo incerto!

Ode à liberdade

(Luigi Ricciardi, Lucas Sant'Ana & Laís Barbiero)

Papapapapa.....

Se acaso o vento sopra perto

Quero seguir um rumo incerto

Me desmanchar em rarefeito ar

Se aos meus pés viesse a liberdade

No pôr do Sol, ao fim de tarde

Posso me aventurar em ti, oh mar!

Pelas estradas,

Mil devaneios,

Se é fantasia não vou me importar...

La la la....

Sentir-se livre é estar sobre a montanha

Compreender a força estranha

Como maná poder se derramar

Na areia branca ver seus passos

Nuvens dançando o seu compasso,

Na melodia ver-se inspirar...

Hoje estou livre!

Que devaneio...

Se é fantasia vou continuar...

La la la

Papapapapa.....

Pelas estradas...

Papapapapa.....

Nenhum comentário: